quarta-feira, 14 de maio de 2008

Nova onda


O mundo funciona na base de ondas. Surge uma novidade ali e logo ela se espalha pelo mundo, como uma vaga crescente, arrastando tudo pela frente. É mais ou menos assim que eu imagino as novas tendências de comunicação que estão surgindo, o questionamento da forma de remuneração das agências de propaganda no Brasil e até mesmo a reação de algumas empresas de publicidade, que mudaram completamente seu modo de faturamento, algumas optando pelo uso de fee e outros mecanismos de pagamento por serviços prestados. Talvez seja a vez - assim espero - da valorização da idéia em detrimento da veiculação. O de cobrar por aquilo que não se cobra hoje. Para se ter uma idéia do que eu estou falando, leiam esse artigo de Benjamin Azevedo.
Falo isso na cola do excelente artigo do Hélcio Brasileiro, do site Fundamental Conteúdo - leitura mais do que recomendada - que postou o artigo "Web em todas as classes sociais ." Os dados apontados por ele como, por exemplo, do aumento do número de lan houses e o conseqüente aumento de numero de usuários da internet entre as classes C, D e E; e um dado impressionante que diz que 70% dos celulares no pais já estão prontos para a internet. Num universo de 125 milhões de aparelhos, essa cifra não é nada desprezível. A oportunidades estão aí, amigos, esperando por vocês.
Essa nova onda um dia atingirá o nosso país e, quiçá, o estado do Ceará. O que resta saber é quantas agências de propaganda estão se preparando para navegar em meio a essa turbulência.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...