terça-feira, 28 de julho de 2015

Stephen King: a escrita é como água. Água é via. Água é de graça. Beba até se saciar.

Em 1999 o escritor americano Stephen King sofreu um grave acidente que quase o matou. Ele foi atropelado por uma caminhonete enquanto fazia sua caminhada diária de 6 quilômetros. O acidente e sua recuperação foram determinantes para que ele revisse posturas sobre sua vida e a escrita, seu principal ofício, foi uma das razões, além da ajuda inestimável de sua esposa, que o levaram a se recuperar do ocorrido. Em seu livro "Sobre a Escrita", já mencionado aqui no blog, ele conta detalhes desse acidente e de sua recuperação, as operações, a fisioterapia e a volta lenta ao teclado do seu Powerbook. Esse trecho, que fecha essa parte, é comovente porque descreve o que motiva Stephen King, desde que ele escreveu "Carrie", em um quartinho sujo, nos intervalos de seu trabalho como lavador de lençóis até seu consequente sucesso e fama mundiais. Uma lição para todos nós do que é fazer aquilo que gosta e de como isso pode, literalmente, ser um motivador da sua vida.


Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...