quinta-feira, 9 de junho de 2011

Eduardo e Mônica - O filme: porque o novo filme da Vivo é tão bom.

O novo filme da Vivo já é um fenômeno. Postado dia 6, já atingiu fácil a marca de quase 1,5 milhões de views do YouTube. Há quem critique o excesso de product placement dos gadgets com o chip da operadora, mas acho que coube bem. Só em alguns momentos foi escandolosamente forçado, a maioria fluiu bem.
O interessante desse filme é que ele pega logo na veia dos milhões de fãs do Legião Urbana, saudosistas das performances do falecido vocalista, Renato Russo. O filme é bem feito. Produção da O2 Filmes e sacação do pessoal da Africa, é um filme que conta uma história de forma competente. Não sou fã do Legião mas tenho que dá o braço a torcer e dizer que esse comercial já é um dos melhores do ano. É a prova que a propaganda pode realmente tocar as pessoas, emocionar e fazer elas assistirem uma peça publicitário até o fim, e pedirem bis. E ainda bem que foge completamente daquela estética argentina de contar histórias, o que já deu no saco faz tempo. Parabéns!

O Caio Costa, do Blogcitário, disse tudo:
"O viral da semana (quem sabe, do ano), versão da Vivo de Eduardo & Mônica, derrubou alguns “mitos”:


- Viral bom é viral “barato”: o filme foi feito para a internet e passará nos cinemas neste fim de semana dos namorados. Ao contrário que muita empresa faz questão de fazer, investir muito na produção de comerciais que sejam veiculados na TV, a Vivo e a Africa mostrou como investir nas redes sociais pode render um resultado poderoso.


- Agência “tradicional” não sabe planejar e criar para as mídias sociais: o vídeo traduz todo o cuidado que a Africa teve em produzir e planejar o melhor momento de fazer o vídeo cair na boca e na tela do povo. Desde o “boato” de que Eduardo e Mônica virariam filme até o timing de lançar na semana dos namorados.


- Ninguém para p/ assistir exclusivamente à propaganda: com 1 milhão e meio de views em apenas 2 dias, o público deu sinais de que elas estão dispostas a ver empresas anunciando seu produto, mas que elas façam isso de forma criativa, interessante e que dê vontade de passar para o amigo. Quem não gosta de ver e compartilhar coisa boa?"
UPDATE! E parece que nem tudo são flores nessa campanha. Já estão acusando ela de plágio de outra, feita há muitos anos atrás, para a ATL. No site da Rosana Hermann você confere o vídeo original (estranhamente retirado do ar no You Tube, hum...)
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...